Dica do dia

Num estojo de pesca (existem os nacionais da Arimar e da Emifram, os importados e os confeccionados em casa de acordo com as necessidades do pescador) cabe todo o universo do pescador. Não o universo físico, que esse é pouco para tanta tralha. Mas o universo das emocões. Um estojo "recheadinho" com os essenciais (linhas, chumbadas, anzóis, empates, faca, alicate, etc.) é sempre esperança de uma boa pescaria. Leonel Budzyn